Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que é q´isto interessa.

E um projeto que só agora decidi criar e que tem como objetivo dar continuidade aos meus devaneios incompreendidos de pensamento. A vida em que as empresas vivem , será um nicho, que sofrerá este tipo de reflexão caricaturada!

O que é q´isto interessa.

24
Nov21

#2 - Só não quero é pagar impostos!

escrito por O que é q´isto interessa.

Mais um mês, mais um dia 20, já sabem o que significa?!
Adivinharam!
Pagar mais uns impostos, que para o nosso caso, é pagar mais uns dinheiros aos nosso pais, porque se bem se lembram cabe-nos agora a nós retribuir.

Sim, estou a falar dessas guias tão bem conseguidas visualmente, que impõem respeito e que não deixam sequer fugir à obrigação. As mesmas que sabem só a "mais uma" a quem envia e ao desejo de "apenas uma" a quem as recebe.
Esse sentimento a que me refiro, de raiva e frustração, é sentido de imediato, após receber emails deste teor, e isso confirma-se logo de seguida, com o email de resposta que é enviado." - Tem a certeza deste valor? Este valor é demasiado alto!"

 

Após o email enviado e de terem posto tudo em causa, desde as férias marcadas nas Honduras há 14meses atrás, ao presunto ibérico à sexta-feira à tarde, eis que surge a ideia mais coerente de todas. O fecho da Empresa!
De facto, é muito dinheiro para muitas empresas, mas para esta em concreto, a coisa passou depois de sexta-feira à tarde.
Percebam que a solução milagrosa não passa claramente por esperar por sexta-feira à tarde e desejar que tudo se resolva, até porque um conselho que vos dou, é que paguem.

 

Contextualizando, isto não é mais nem menos, que uma retribuição!
Dou-vos um exemplo;
Estivemos anos e anos a usufruir de uma retribuição mensal chamada de abono que era dado, concretamente, pelo nosso pai. (se bem se lembram o que nos dá a tal segurança social).Como devem estar agora a perceber, esse dinheiro que na altura nascia não sabemos bem de onde, percebemos agora que não se tratava de todo de um patrocínio vitalício.
Já deves estar a pensar e bem, que há alguém agora precisar de ti!

Se é um dom estares o dobro do tempo a ajudar os teus pais, do que foste ajudado? Talvez tenhas, mas no fim de contas, és só mais um bom cidadão ao dia 20 de cada mês.

 

Posto isto, e para vos confortar, já que o senhor que enviou as guias não o fez, deixo-vos com mais um devaneio.

16
Nov21

#1 - Ah, mas o contabilista do meu amigo fez isto e aquilo!

escrito por O que é q´isto interessa.

Lá encontrámos aquele amigo que se diz espetacular! Aquele que já fez tudo e visitou tudo, o que assume que conduzir devagar não é para ele, que por sua vez também é aquele que admite que não dorme há 7 dias seguidos.

Aquilo que retiramos, é que o nosso amigo é ,sem dúvida, alguém incrivel!
Para além de ser incrivel, esse nosso amigo, também tem um contabilista com superpoderes!

Em mais uma das nossas conversas, confidenciou-me que este ano estava com receio do final do ano, porque faturou muito nos ultimos meses do ano e que precisava de despesas para apresentar na sua empresa de forma a baixar o imposto a pagar no final do ano.
Mais tarde, vim a perceber que essa foi a informação que o novo contabilista lhe passara.

Para além de uma série de perguntas que me interessavam saber e lhe perguntei obviamente, fiquei a saber de certos "malabarismos contabilisticos", que esse tal contabilista, tera feito já.
Dizia-me ele:
- Para além de uma avença barata que lhe pago, ajuda me em situações destas!

Começei por achar tudo aquilo novo para mim, ficando toda aquela informação de episódios descritos a assimilar na minha cabeça!

Ontem, ao vir das compras, passei pelo tal contabilista do meu amigo, e apercebi-me que já lá não estava. Trata-se agora de um cabeleireiro!

O desfecho eu não sei. Nunca mais me falou nesse assunto!

08
Nov21

#0 - A apresentação

escrito por O que é q´isto interessa.

Nunca se sabe bem como é que se começa uma coisa destas, mas uma coisa certa! Não irei começar com respostas a perguntas do tipo Q&A do Youtube, mas começarei por confessar-vos a minha preferência em usar havaianas.

Perceberam agora que isto foi prepositado, mas entendam isto como um desabafo de preferência apenas. Qualquer das formas, agora não há nada que possam fazer, já clicaram!

Mas vamos ao tema e falar daquilo que poderão encontrar neste formato.

 

O que é q´isto interessa!

É um projeto que agora decidi criar, e que trata de desanuviar muitas das vezes pensamentos incompreendidos por mim establecidos. A vida que as empresas vivem, será um nicho que sofrerá este tipo de reflexão caricaturada!

O blog será um espaço livre de pensamento, e terá 2 conceitos de legenda, que só neste texto piloto, poderão saber o significado.
É isso mesmo! Passo-vos a apresentar:

As Finanças vestirá o papel de “Mãe”.
A Seg.Social vestirá o papel de “Pai”.

Vejam o nosso pai, como são certamente os vossos, um pai que nos garante segurança social. Um pai que não anda a vasculhar as nossas coisas, mas que obviamente quer saber de onde é que elas vêm. - Com que dinheiro é que foram compradas se te dou uma mesada de 50 euros?

A nossa mãe, como todas as mães em geral, temos de dar explicações e querem saber tudo o que aconteceu no nosso dia. Com quem andaste, a que horas almoçaste e para onde é que vais a seguir, são algumas das perguntas que repetem diariamente.
Por mais que tentes esconder um erro, ela vai descobrir sempre! Este é o sexto sentido das mulheres mascarado de “divergência”.


Se poderá parecer estranho ou até mesmo doentio encarar este tipo de personagens como nossos pais? Sim, é legitimo pensarem dessa forma.  
Estarmos a comparar pedir dinheiro ao nosso pai, como alguém que vai à SS pedir o subsídio de desemprego, poderá ser constrangedor para vós. Dito por outras palavras, são mais uns pais como todos os outros, tiram-nos aquilo que mais gostamos e mantêm aquilo que bem dispensamos.

Quanto ao resto, vêm aí mais coisas!

Redes

O que é q´isto interessa.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub